19/10/2012 16:00

As pérolas da concha de Tianjin, na China

Uma das imensas metrópoles chinesas ainda pouco conhecidas no Ocidente, a cidade de Tianjin acaba de ganhar um complexo cultural digno do seu tamanho (algo próximo a 5 milhões de habitantes). O Grande Teatro de Tianjin, erguido dentro do Parque da Cultura, abriu as portas esta semana para boa dose de frisson no meio arquitetônico.

O projeto, encomendado pelo município ao escritório alemão GMP Architekten, situa-se na extremidade de um lago artificial, e remete a uma concha semi-aberta. Os três espaços internos – concert hall, opera hall e um ambiente multiuso um pouco menor – seriam as pérolas da concha. Todos têm vista para a água, e situam-se acima de uma base de pedra e abaixo de um teto que parece flutuar, concebido como uma transformação do tradicional elemento chinês de múltiplas bordas, em diversas camadas horizontais.

Graças ao desenho do complexo, o tráfego de veículos fica longe de qualquer ponto do seu entorno - seja na face voltada para o lago, seja na ampla praça onde o acesso se dá por largas escadas. A livre circulação traz uma atmosfera de vida urbana leve ao espaço, que também pode servir como palco de shows e exposições ao ar livre. Junto ao Grande Teatro, no mesmo centro cultural, estão um museu de história natural, uma galeria de arte e uma biblioteca.

Fonte: Casa Vogue